segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Conheça os seus direitos


Conheça os seus direitos
TÍTULO V – Do Acesso à Justiça CAPÍTULO I – Disposições Gerais Art. 69. Aplica-se, subsidiariamente, às disposições deste Capítulo, o procedimento sumário previsto no Código de Processo Civil, naquilo que não contrarie os prazos previstos nesta Lei. 28 Estatuto do Idoso Art. 70. O Poder Público poderá criar varas especializadas e exclusivas do idoso. Art. 71. É assegurada prioridade na tramitação dos processos e procedimentos e na execução dos atos e diligências judiciais em que figure como parte ou interveniente pessoa com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, em qualquer instância. § 1o O interessado na obtenção da prioridade a que alude este artigo, fazendo prova de sua idade, requererá o benefício à autoridade judiciária competente para decidir o feito, que determinará as providências a serem cumpridas, anotando-se essa circunstância em local visível nos autos do processo. § 2o A prioridade não cessará com a morte do beneficiado, estendendo-se em favor do cônjuge supérstite, companheiro ou companheira, com união estável, maior de 60 (sessenta) anos. § 3o A prioridade se estende aos processos e procedimentos na Administração Pública, empresas prestadoras de serviços públicos e instituições financeiras, ao atendimento preferencial junto à Defensoria Pública da União, dos Estados e do Distrito Federal em relação aos Serviços de Assistência Judiciária. § 4o Para o atendimento prioritário será garantido ao idoso o fácil acesso aos assentos e caixas, identificados com a destinação a idosos em local visível e caracteres legíveis.

Porque estás triste ?

TÍTULO: POR QUE ESTAIS TRISTE?

TEMA: Confiança – TEXTO: Lc.18:18-23- Certo homem de posição perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom, senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe.

Replicou ele: Tudo isso tenho observado desde a minha juventude.

Ouvindo-o Jesus, disse-lhe: Uma coisa ainda te falta: vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro nos céus; depois, vem e segue-me.

Mas, ouvindo ele estas palavras, ficou muito triste, porque era riquíssimo.

Queridos.

A tristeza é um sentimento que é presente nos seres humanos, e é caracterizado pela falta da alegria, ânimo, entre outras coisas. Todos nós já experimentamos momentos de tristeza na vida.

Mas, o que leva uma pessoa a ficar triste? Os fatores são vários, talvez a perda de um ente querido, de um objeto de estimação etc. No texto de hoje a pergunta é: o que levou aquele jovem a ser triste?

1 - Negou-se a corresponder a expectativa do Mestre - Chegou chamando Jesus de bom mestre (Jo.3:3-5). Só aqueles que conhece a Jesus espiritualmente pode chamá-lo de ‘bom’ sem hipocrisia.

2 - Rejeitou o único Mestre que podia guiá-lo - Agora sem bussola não sabia para onde ir. Faltava-lhe o farol que lhe orientaria no mar das necessidades, faltava-lhe o rumo.

3 - Afastou do caminho - Do caminho que o levaria ao único porto seguro, a vida eterna (Jo.14:6 - Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim). O salmista pergunta quem subir ao  monte? Aqueles que tem mãos e coração limpo.

Para chegarmos à presença de Deus temos que:

   - Fazer de Cristo o único caminho

   - Reconcilia-se com Deus.

   - Confiar só em Jesus.

Queridos - Qual a tua condição agora? Estais triste, desiludido, angustiado, falta alguma coisa?

Receba Jesus, o único que pode modificar a tua vida e transformar toda esta tristeza em alegria.


domingo, 5 de dezembro de 2021

Congresso de SAFs do PCPE


ACONTECEU. O Rev. Pinho Borges, Secretário Nacional da Pessoa Idosa (SNTI), da Igreja Presbiteriana do Brasil, visitou na tarde do sábado (o4/12), o Congresso da Federação da Sociedade Auxiliadora Feminina (SAF), do Presbitério Centro de Pernambuco (PCPE), que aconteceu nas instalações da Igreja Presbiteriana de Jardim Uchôa, em Recife/PE, que é pastoreada pelo Rev. Antônio Pereira. Na ocasião o SNTI, saudou as Congressistas, agradeceu o colaboração das mulheres junto ao trabalho com as pessoas idosas e colocou a Secretaria Nacional a disposição da Federação e das igrejas representadas. Desejou a todos o acolhimento dos presentes dados por Jesus ao nascer: alegria, paz e esperança. No encerramento o Rev. Pinho Borges, orou dando posse a diretoria eleita para o ano eclesiástico de 2022.

Congresso da UPH do PCPE.


ACONTECEU. O Rev. Pinho Borges, Secretário Nacional da Pessoa Idosa (SNTI) da Igreja Presbiteriana do Brasil, visitou na tarde do sábado (o4/12), o Congresso da Federação de Homens (UPH) do Presbitério Centro de Pernambuco (PCPE), que aconteceu nas instalações da Igreja Presbiteriana de Socorro, em Jaboatão dos Guararapes/PE, que é pastoreada pelo Rev. Aluysio. Na ocasião o SNTI, saudou os Congressistas e colocou a Secretaria Nacional a disposição da Federação e das igrejas representadas. Desejou a todos o acolhimento dos presentes dados por Jesus ao nascer: alegria, paz e esperança.

Natal da Faipe

ACONTECEU, neste sábado 4 de dezembro a Confraternização de Final do Ano da Federação das Associações de Idosos de Pernambuco (FAIPE), no Water Park de Aldeia, em Camaragibe/PE. A FAIPE é presidida por Lourdinha Portela e reúne Grupos de Idosos de vários municípios do Estado. O Rev. Pinho Borges, Secretário Nacional da Pessoa Idosa da Igreja Presbiteriana do Brasil e presidente do Conselho Estadual doa Direitos da Pessoa Idosa de Pernambuco, esteve presente e na ocasião ministrou uma palavra sobre o Natal de Jesus. O Rev. Pinho Borges foi por vários anos vice presidente da FAIPE, quando a mesma se reunia no Salão de evento da Igreja Presbiteriana da Boa Vista, em Recife/PE. Estavam presentes mais de 400 idosos, foram participar desse primeiro encontro. Também foi oferecido aos participantes além do uso do parque, vários brindes.

Natal da Faipe

Passos do pródigo

PASSOS DO PRODIGO

Queridos.

A parábola do filho prodigo, ou como chamamos atualmente do pai amoroso tem recebido muita atenção dos pregadores porque nela está inserido a maior prova de amor do pai para com o filho, muitas são as lições retiradas dela e neste instante vamos relacionar a condição do filho prodigo com aos dos pecadores que natureza nós conhecemos muito bem.

1 - SEU PEDIDO - v.12 – “dai-me a minha parte”. Nós só sabemos pedir a Deus. Peço tudo e não damos nada.

2 - SUA PARTIDA - V.13 – “partiu”. Procurou ficar o mais longe possível do pai para que seu comportamento não fosse rejeitado. Em nossa vida quantas e quantas vezes não nos afastamos de Deus por qualquer motivo?

3 - SEU SOFRIMENTO - v.14 - teve fome. Quando nos faltam o abastecimento vem o sofrimento. Quando nos falta Deus passamos fome espiritual.

4 - SUA CONDIÇÃO - V.14 - necessidade. Não tinha mais nada, sentia a necessidade fisica. Qual a nossa condição de necessitado hoje

5 - SUA CORRUPÇÃO - v.15 - alimentando-se de comida de porcos. Qual tem sido a nossa alimentação como crentes?

6 - SUA CONVIÇÃO - v.17 - refletiu. melhor está na casa do pai; melhor está  na presença de Deus.

7 - SUA DESCISÃO - v.18 - voltar para casa. Voltar para Deus. Esta deve ser a atitude do pecador.

8 - SUA CONFISSÃO - V.18 - eu pequei. Reconhecer o erro e confessar‚ um caminho de volta e foi assim que ele fez.

9 - SUA CONTRIÇÃO - v.21 - não sou digno. Por mim mesmo nunca serei chamado de filho. Só o perdão do Pai o tornar filho novamente.

10- SUA CONVERSÃO - v.22 - a melhor roupa. Muda-se a capa(vida) e é revestido de característica superior.

 


sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Encontro com o Ministério Público de Pernambuco


Encontro com o Ministério Público de Pernambuco
O Rev. Pinho Borges, Secretário Nacional da Pessoa Idosa da Igreja Presbiteriana do Brasil, quem também é Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa do Estado de Pernambuco (CEDPI), participou, juntamente vários órgãos de direitos sociais do Encontro com Procuradores Municipais do Estado de Pernambuco, com o objetivo de motivar a criação, implantação e ativação dos Conselhos Municipais da Pessoa Idoso que foram desativados durante a pandemia do COVID 19. O Encontro aconteceu no dia 02 de dezembro de 2021, no horário da manhã Sede do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em Recife. “Em sua fala o Rev. Pinho Borges Pinho, saudou todos os presentes. Resgatou que em junho de 2021 assumiu a presidência do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa idosa (CEDPI), havendo algumas dificuldades no momento, o que o fez buscar apoio do Ministério Público. Pinho relatou que se fez presente no início da Caravana, participando do fomento à criação dos Conselhos, em 2008, quando o Estado tinha apenas 33 Conselhos à época, após dois ano de Caravana da Cidadania, implementou-se mais de 100 Conselhos Municipais. Observou que quando mudava a gestão, o Conselho parava as atividades, porque o gestor suspendia o apoio logístico: sala, material, recursos. Informou que tal realidade ainda permanece, e que se mostra muito difícil para o Conselho Estadual obter informações precisas sobre os Conselhos no Estado, considerando que há uma dificuldade de continuidade no trabalho com a mudança das gestões. Explicou que recebe telefonemas de pessoas querendo saber como ter o Conselho, quando já existe a entidade no Município. Refletiu sobre como o Ministério Público pode trabalhar, para que haja continuidade. Ressaltou que, muitas vezes, o lado representativo da Sociedade Civil é frágil e está atrelado ao Governo. Como Secretário Nacional da Terceira Idade, na Igreja Presbiteriana no Brasil, meu ip relatou que também realiza muitas viagens pelo país, e percebe que é uma realidade de outros municípios em todo o Brasil. Destacou o papel do Ministério Público como parceiro na defesa dos direitos da pessoa idosa. Apelou para que os procuradores olhem para a situação dos Conselhos Municipais dentro do que é possível realizar. Explicou que muitos municípios têm a lei, mas não tem o Conselho implantado, sendo importante verificar essa questão, assim como a disponibilidade do Fundo. Esclareceu que o conselho Estadual já está se reunindo de forma presencial”. Coordenou o Encontro Procuradora de Justiça Yélena Araújo que contou com a participação de Frederico Cal Muinhos (OAB – Comissão do Idoso), Judith Borba (IPETI – Comissão da Pessoa Idosa da OAB), André Carvalho (OAB Nacional – Comissão Direito Sistêmico e Terceiro Setor), Reginaldo José de Pinho Borges (CEDPI-PE – Presidente), Renata Guedes (SDSCJ Superintendência), Eduardo Eloy Ramos (SDSCJ), Wilson Rodrigues (virtual/Receita Federal), Maria Dulce Freire (Grupo Mulheres do Brasil), Joana Dark (CRC-PE), Ana Kelly Almeida (Analista – Assistente Social – MPPE – 48ª PJ Criminal), Luciana Pimenta (Técnica Ministerial – Administrativo – Caravana da Pessoa Idosa – MPPE), Flávio Roberto de Queiroz Figueiredo (Procurador Jurídico da Prefeitura Municipal de Sirinhaém/PE), Irani Oliveira (virtual/Secretária do Grupo de Voluntariado do CRC/PE), Ana Nery (virtual/AMUPE), Paula Torres (virtual/Comitê de Políticas Públicas do Grupo Mulheres do Brasil), João Antônio Robalinho Ferraz (virtual), Roseana Faneco (Grupo Mulheres do Brasil), Lilian Azevedo (Vice-Presidente da Associação Nacional dos Procuradores Municipais), Gustavo Machado (Procurador de Recife / Salvador), Bruno Sampaio           (Procurador do Recife – APMR), Leonardo Mendonça (Procurador de Caruaru/PE), Thiago Melo(Procurador de Caruaru/PE), Maria Angélica V. Albuquerque (Advogada Pública de Limoeiro/PE), Luciana Coutinho (Procuradora do Cabo/PE), Elisa A. Maranhão Rego (Procuradora de Camaragibe/PE), Marlus Tibúrcio (Procurador de Cortês/PE) e Paulo Veras (PGM Igarassu/PE).

Conheça os seus direitos

Conheça os seus direitos TÍTULO V – Do Acesso à Justiça CAPÍTULO I – Disposições Gerais Art. 69. Aplica-se, subsidiariamente, às disposições...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS