segunda-feira, 30 de julho de 2012

SECRETÁRIO GERAL MINISTRA NA IP LAGOA DO ARAÇÁ-PE

Neste domingo a noite (29.07), o Secretário Geral, Rev. Pinho Borges ministrou a palavra para a Igreja Presbiteriana da Lagoa do Araçá, que é pastoreada pelo Rev. Waldemir Ferreira Lopes Neto e está situada na avenida Pinheiros, 1110 - Imbiribeira, Recife. A Lagoa do Araçá é a única lagoa natural ainda presente no Recife e por conta da sua bio-diversidade é muito importante para o bairro.
A visita do Sggti além de divulgar a Secretaria Geral da Terceira Idade teve o objetivo de apresentar às Boas Vindas a esta comunidade presbiteriana para a jurisdição conciliar do Presbitério Centro de Pernambuco. 

Além do Rev. Pinho Borges estiveram, presente o Pb Isaías Sales (tesoureiro do PCPE) e o Rev Leonardo Vilela (Sec.Executivo do PCPE).


SGTTI REALIZA OFICINA EM POMBOS-PE

O município de Pombos localiza-se ma região da mata pernambucana a 57 Km da capital do Estado de Pernambuco. O nome da cidade origina-se pela presença dos pombos selvagens constante na fauna da região. A caça destes animais era comum. O hábito de se comemorar o sucesso da caçada com a expressão: "Fizemos o São João nos pombos". Fez com que o povoado se chamasse São João nos Pombos, e por último: Pombos.
Neste domingo (29), o Rev Pinho Borges, ministrou no horário da escola dominical a Oficina Envelhecimento Consciente na Igreja Presbiteriana de Pombos em Pernambuco.
Após a ministração foram distribuídos exemplares do Estatuto do Idoso para igreja. Agradecemos ao Rev. Lamartine, pastor da igreja local pela hospitalidade dispensada ao Secretário Geral.


ACREDITE SE QUISER

CONFUSÃO MENTAL NO IDOSO 


ESTE TEXTO CIRCULA NA VIRTUALIDADE.
Como água e canja de galinha não faz ofende a saúde vale a pena ler o mesmo.

Principal causa da confusão mental no idosoArnaldo Lichtenstein*, médico. 
"Sempre que dou aula de clínica médica a estudantes do quarto ano de Medicina, lanço a pergunta: - Quais as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental? 

Alguns arriscam: *"Tumor na cabeça". Eu digo: "Não".
Outros apostam: "Mal de Alzheimer". Respondo, novamente: "Não".
A cada negativa a turma se espanta... E fica ainda mais boquiaberta quando enumero os três responsáveis mais comuns:
- diabetes descontrolado;
- infecção urinária;
- a família passou um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.
Parece brincadeira, mas não é. Constantemente vovô e vovó, sem sentir sede, deixam de tomar líquidos. Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez. 


A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos ("batedeira"), angina (dor no peito), coma e até morte.  Insisto: não é brincadeira. 

Na melhor idade, que começa aos 60 anos, temos pouco mais de 50% de água no corpo. Isso faz parte do processo natural de envelhecimento. Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica. Mas há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de tomar água, pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem. 

Conclusão: Idosos desidratam-se facilmente não apenas porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo. Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo. 

Por isso, aqui vão dois alertas:
1 - O primeiro é para vovós e vovôs: tornem voluntário o hábito de beber líquidos. Por líquido entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite, sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina, também funcionam. O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro. Lembrem-se disso! 

2 - Meu segundo alerta é para os familiares: ofereçam constantemente líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao perceberem que estão rejeitando líquidos e, de um dia para o outro, ficam confusos, irritadiços,fora do ar, atenção. É quase certo que sejam sintomas decorrentes de desidratação. 

"Líquido neles e rápido para um serviço médico".

(*) Arnaldo Lichtenstein (46), médico, é clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)."

Operadora de plano de saúde obrigada a internar idoso

Operadora de plano de saúde obrigada a internar idoso

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS