EVENTOS

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

NÃO SE DEIXE ENGANAR: QUARTA FEIRA DE CINZAS.

 A quarta feira de cinza é mais um momento de “religiosidade” da confissão de fé católica e simboliza para a mesma um dia de penitência.
Após o carnaval das mais profanas libertinagens, chega o “dia do arrependimento”, porque a promessa de Deus é terrível. “Pela multidão das tuas iniquidades, pela injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu, e te reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que te contemplam”. (Ez 28,18)
Sabemos que no período Velho Testamentário era comum usar cinzas para representar a tristeza, o luto e a morte.
“Quando soube Mordecai tudo quanto se havia passado, rasgou as suas vestes, e se cobriu de pano de saco e de cinza, e, saindo pela cidade, clamou com grande e amargo clamor” (Est.4,1) 
“Fez-me quebrar com pedrinhas de areia os meus dentes, cobriu-me de cinza” (Lam.3,16).
“Chegou esta notícia ao rei de Nínive; ele levantou-se do seu trono, tirou de si as vestes reais, cobriu-se de pano de saco e assentou-se sobre cinza”. (Jn.3, 6).
  
A história conta que nos primeiros séculos do cristianismo as pessoas que tivessem cometido escândalos ou pecados graves, tinham que cumprir castigos purificativos publicamente.
No geral chegavam descalças as igrejas no primeiro dia da quaresma. E depois de serem exortadas recebiam uma pequena túnica, uma penitencia e atiravam sobre elas cinzas. E só poderia voltar à igreja depois de cumprida a penitência.
O que nos diz Jesus quanto a confissão de pecados: “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará”(Mat.6,6).
Com certeza a recompensa do Deus misericordioso não é a exposição pública do pecador, pois, por conta de Sua misericórdia não somos consumidos.
Se para os hebreus a prática de cobrir-se de cinzas era a manifestação pública da consciência do pecado na esperança do perdão de Deus. Para nós cristãos a verdadeira consciência do pecado é obra do Espirito Santo e o perdão só em Cristo Jesus e não das cinzas da quarta feira.
NÃO SE DEIXE ENGANAR. 

Nenhum comentário: