EVENTOS

quarta-feira, 21 de março de 2012

PALAVRA DO SECRETÁRIO GERAL

A mais bela definição de Deus para com as pessoas idosas na Bíblia está registrada no texto do Salmo 92,15: "até na velhice darão frutos". A longevidade sendo comparada a uma árvore produtiva que a cada dia se firma diante do tempo e abriga em seus galhos a beleza da natureza na reprodução da folhagem, da floração e dos seus frutos e com eles compartilha sua finidade constantemente.
Assim como a árvore, a pessoa idosa pode compartilhar a beleza da alma e a experiência vivida com as novas gerações. A vida é vivida em etapas a partir dos dias que são concedidos por Deus, como na promessa de bênção por se ter honrado os pais. Chegar à etapa do envelhecimento não é só um privilégio, mas uma bênção, pois muitos são ceifados ainda botão. Nas transições da vida enfrentamos as dificuldades, mas não podemos desistir, pois muitas foram as vezes em que ouvimos dizer que a idade é cruel porque deixa marcas visíveis ao físico.
Uma das maiores preocupações do ser humano é com a certeza que um dia “deixará de ser”, e o processo do envelhecimento dispara com mais intensidade essa certeza, que, em muitos casos, têm se tornado um pesadelo, que é alimentado por sentimentos de derrota, desalento e destruição, mas o ritmo implacável do tempo impõe várias limitações que devem ser superadas.
A pessoa idosa precisa se ver como tal pois só assim buscará seus direitos e ajudará a construir uma sociedade que lhe trate com direito, dignidade e cidadania.

Nenhum comentário: