quinta-feira, 14 de junho de 2012

CONSELHO DO SÁBIO:DEFENDA SEUS DIREITOS


Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.(Prov. 24,10)

Para muitos cristãos o fazer ou deixa de fazer algo está normatizado pela igreja. Até que ponto isso é real? Outro dia impressionou-me a atitude de uma idosa que se posicionou na boca do caixa ignorando a “fila de idoso”. Orientada pelo caixa que a fila de idoso era outra, ela simplesmente fez valer o seu direito de prioridade absoluta, conforme o Art.3 do Estatuto do idoso. E foi imediatamente atendida.
Ela não se envergonhou de combater essa violência institucional reivindicando o seu direito, para espanto dos outros idosos que estavam na “fila do idoso”.
Quem trabalha com idosos descobre que a maioria se deixa tutelar e não andam mais si mesmo por medo de ser diferente. O sábio, Salomão declara: “se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.” No mundo atual os valores são testados sob pressão.
É preciso defender os direitos quando todos à sua volta não o fazem. De certo modo, a pessoa se porta a partir da perspectiva avaliativa dos outros.
O que acontece quando você se descobre em meio a pessoas que não respeitam os direitos? Você se deixa envolver por esse desrespeito?
O conselho do sábio desafia você a tirar força do interior para combater o mal, sem deixar de olhar para Cristo de onde vem a força para combater a violência.
Não tema por ser idoso é uma benção de Deus. Não se sinta inultil por ter envelhecido.
Não permita que os outros cometam violência contra você.
Voe como águia, mas prepare-se para enfrentar os caçadores. Eles estão por todas as partes, dispostos a violentar as pessoas idosas.
Atreva-se e voe. Lute. É melhor lutar hoje em defesa dos seus direitos do que viver a vida toda com medo, sendo desrespeitado por querer agradar a todos.
15 de junho, Dia Internacional de Luta Contra a Violência à Pessoa Idosa.
Lembre-se do conselho do sábio: “Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.” (Rev. Pinho Borges)

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS