terça-feira, 17 de julho de 2012

CONSELHO DO SÁBIO: SAIBA COMO RECONHECER O ‘AMIGO’ DO “AMIGO”

“Ao generoso, muitos o adulam, e todos são amigos do que dá presentes”. Prov. 19,6 

Todos nos conhecemos casos de pessoas que enquanto possuíam muito dinheiro viviam cercados de “amigos”, mas ao entrarem na banca routa se viram abondando. Basta lembrar a parábola do filho prodigo. O Conselho do sábio é uma advertência para diferenciar os amigos, dos “amigos”. 
O verdadeiro amigo não faz tudo o que se pede, nem concorda sempre com as opiniões. O verdadeiro amigo diz o que pensam, sem temor de represálias e dificilmente pede prova da amizade. O amigo percebe muitas vezes as dificuldades e estende a mão. 
Alguém já disse: “Seja amigo das pessoas antes que elas sejam importantes.” Isto é vero. Seus verdadeiros amigos são aqueles que estão ao teu lado quando você não tem nada para oferecer. 
A verdadeira amizade não se mede pela presença física, mas diante das circunstâncias. 
O “amigo” é um bajulador, diz o que o outro quer ouvir. Nunca discorda do pensar ou agir. 
Conselho do Sábio: Seja sábio. Reconheça os verdadeiros amigos. 
O nercio busca “amigo” que alimente o seu ego e as manias de grandeza. Foge da verdade e flutuam nas irrealidades construídas. 
Escolha seus ‘amigos’ com sabedoria e fuja dos “amigos” arapucas. 
Lembre-se do Conselho do Sábio: saiba como reconhecer o ‘amigo’ do “amigo” e não esqueça : “Ao generoso, muitos o adulam, e todos são amigos do que dá presentes.” 

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS