terça-feira, 9 de outubro de 2012

CÂMARA DEMORA VOTAR O FIM DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

BRASÍLIA/DFO fim do fator previdenciário voltou a ser defendido em Plenário, nesta segunda-feira (8), pelo senador Paulo Paim. 
Segundo Paim, o fim do fator previdenciário é um pedido unânime da população, não apenas de seu estado, mas de todo o país. Ele explicou que o fator confisca metade do salário do trabalhador brasileiro no ato de sua aposentadoria. A mulher perde em torno de 51% do valor enquanto o homem perde cerca de 40%.
Paim destacou que o Senado já aprovou o fim do fator previdenciário e a proposta agora está em análise na Câmara dos Deputados (PL 3.299/2008). O senador acrescentou que, durante a campanha nos municípios gaúchos, encontrou o presidente da Câmara, deputado Março Maia, que lhe prometeu colocar a proposta em votação ainda em outubro. 


Idosos - O Estatuto do Idoso (Lei10.741/2003), aprovado em 2003 é é reconhecido internacionalmente e citou um artigo em especial, o artigo 34, que concede ao idoso de baixa renda um salário mínimo mensal para se sustentar. O artigo alterou a lei anterior de assistência social, que exigia comprovação de renda máxima per capita para concessão do benefício e contemplou mais de cinco milhões de idosos no país.

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS