quarta-feira, 10 de outubro de 2012

CONSELHO DO SÁBIO: AGUARDE PELAS PROMESSAS ALENTADORAS


- Pois o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente”. Sal. 9,18.

Quanto tempo faz que você espera por uma determinada bênção?
O conselho do sábio apresenta uma promessa alentadora. Se você pensa que Deus esqueceu estás enganado, pois Ele não esquece e nem frustra os seus.
Para que a promessa divina se cumpra é necessário ser ‘um aflito necessitado’. O texto não fala de dois tipos de pessoas. O Salmo é poesia hebraica cuja beleza está no paralelismo e não na rima.
O paralelismo é a repetição do mesmo pensamento em duas frases aparentemente diferentes. O ‘necessitado’ da primeira frase é o ‘aflito’ da segunda.
Alguém pode estar aflito, mas não necessitado.
A palavra hebraica para necessitado apresenta três aplicabilidades.
·      Um estado de pobreza material,
·      Pessoa que não tem posição social.
·      Uma atitude de humildade diante de Deus.
O verbo hebraico necessitar significa: aceitar, consentir.
Ninguém aceita a intervenção de outro se não for necessitado.
Quando achamos que Deus está demorando a responder é porque ainda não é o tempo da intervenção divina se manifestar.
Lembre-se você não pode resolver o problema sozinho. No mar da Galiléia, os discípulos, pescadores experimentados lutaram contra as ondas e o vento. Ao amanhecer quando não tinham mais forças físicas, quando a suficiência humana havia desaparecido e sentiam-se “necessitados”, Jesus apareceu para socorrê-los.
Sentir-se necessitado de Deus é o que precisamos aprender, porque a promessa do Senhor é que “o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente”.
Lembre-se do conselho do sábio: “- Pois o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente”.

Nenhum comentário:

BRASÍLIA/DF - NORMAS COLETIVAS DE EMPREGADOS DE HOSPITAIS NÃO SE APLICAM A TRABALHADORES EM CASA DE IDOSOS

Publicado por Tribunal Superior do Trabalho A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso do Sindicato do...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS