sábado, 6 de agosto de 2016

REFLEXÃO: EU E AS OLIMPÍADAS

http://www.idosonews.com.br/sg/noticias/reflexao-olimpiada-crista/
O espírito olímpico controla a vida dos brasileiros nestes dias, por conta da realização dos Jogos Olímpicos – Rio 2016.
Uma reprodução moderna dos antigos jogos da Grécia, e que o mundo do Novo Testamento tem conhecimento.
Inicialmente os jogos eram realizados em homenagem a um jovem soldado que após a vitória grega na Planície de Maratona, recebeu a missão de avisar na Grécia a vitória.
Este esforço foi o início de uma competição que nos tempos moderno estamos vivenciando ou presenciando.
A atenção do planeta nestes dias está voltada para o Rio de Janeiro.
Atenção voltada para o apice do esforço humano, em buscar do ouro que significa ser o melhor; e da glória, que no espirito olímpico representar está presença dos “deuses”.
Como crentes, em Cristo Jesus, Eu devo me lembrar que o meu ouro olímpico é Jesus, ciente que a santificação‚ é o esforço desenvolvido para uma vida na presença de Deus.
O atleta olímpico tem que ter bom preparo físico tanto do corpo como da mente, para conquistar o ‘ouro’, pois só melhor irá recebe-lo. O atleta olímpico que preparou o corpo e mente almeja ser recompensado com o ouro olímpico.
A Palavra de Deus me revela que também serei recompensado ao chegar ao ‘pódio da santificação’, que é o meu corpo: Templo do Espírito Santo.
Enquanto o atleta olímpico busca a glória da vitória, eu busco a glória celeste e só a atingirei quando negar a mim mesmo e está plenamente preparado para Deus, pois a preparação espiritual‚ é uma olimpíada constante para a minha vida crista.
O atleta olímpico deve ter determinação. Para o atleta olímpico as barreiras que surgem são empecilhos a serem superados em busca do ouro olímpico, pois o seu objetivo é ser vencedor. A determinação alinhada ao bom preparo físico certamente o levar ao pódio, e a medalha olímpica.
Como atleta de Cristo, eu devo ter a mesma determinação para viver a vida crista, não posso permitir que pequena dificuldade me leve ao sentimento de derrota.
A determinação do atleta olímpico o leva a superação, mesmo em momentos de dores, pois seu foco é a glória olímpica.
Como seria bom que como crentes eu tivesse a mesma garra, o mesmo interesse, a mesma determinação na vida crista.
O atleta olímpico almeja o recorde. O recorde é o limite do esforço físico do atleta, atingi-lo é a glória, de ser o primeiro: o melhor. Isto representa o reconhecimento público.
Como cristão, devo bater os meus recordes, não por orgulho ou vaidade, mas para o crescimento cristão no Reino de Deus.
Buscar Deus constantemente deve o meu objetivo e cada dia devo buscar o recorde de minha santidade em direção ao pódio da estatura do Varão Perfeito.
Nos jogos olímpicos o pódio é o lugar da glória olímpica.
Quando o hino nacional é executado para o medalhista de ouro certamente emociona o mais frio torcedor; é um momento muito importante para a vida do atleta.
Para mim ‘atleta em Cristo’ meu pódio é Jesus.
Para mim ‘atleta em Cristo’ minha vitória é contra o pecado.
Para min ‘atleta em Cristo’ minha medalha é a salvação.
Não subirei ao pódio de madeira a poucos centímetros do chão, não ouvirei o hino nacional.
Minha emoção será bem maior.
Pois, meu pódio é o céu; meu o hino um louvor a Deus; meu recorde é insuperável; não haverá bronze ou prata, mas só ouro.
Obedecendo a Cristo‚ o meu treinador, sempre serei vencedores na carreira que está proposta, mas para isto devo ter preparo espiritual, determinação e desejo de vitória contra o pecado.
Sei que todos nos estádios correm, mas só um leva a medalha de ouro; correrei de tal maneira para alcançar a perfeita vida cristã.
Rev. Pinho Borges


Nenhum comentário:

BRASÍLIA/DF - NORMAS COLETIVAS DE EMPREGADOS DE HOSPITAIS NÃO SE APLICAM A TRABALHADORES EM CASA DE IDOSOS

Publicado por Tribunal Superior do Trabalho A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso do Sindicato do...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS