EVENTOS

segunda-feira, 29 de maio de 2017

A ANAC E O CAOS DA BAGAGEM AÉREA NO BRASIL

Como se não bastasse o abuso da utilização do espaço interno das aeronaves como local de transporte de bagagem, a ANAC com suas decisões inconsequentes, com relação a bagagem dentro das aeronaves ajudou a promover o caos.
Como usuário constante, do transporte aéreo, tenho notado o dilema de alguns passageiros para acomodar seus pertences no maleiro acima dos seus acentos porque os mesmos já estão ocupados.
Muitos passageiros não despacham suas MALAS e entram no avião com com duas ou três bagagens ocupando os espaços dos outros e nada é feito pelas Companhias aéreas para coibir essa situação. 
Todos sabem que ao não despachar malas ganha-se tempo no desembarque, que são demorados no momento de restituição das bagagens.
Mas é preciso regular a quantidade de bagagem de mão dentro das aeronaves.
A situação vai pior com a decisão da ANAC regulando a cobrança de despacho de malas e aumentando de 5 para 10 quilos a bagagem de mãos.
Quando toco no assunto com as equipes de solo, elas concordam comigo, e diz que na hora do embarque será feita a triagem, mas isso não acontece, pois ninguém quer e nem deve ter atritos com os clientes 
Viajo sempre com duas malas. Despacho uma, que poderia não despacha-la, pois enquadra-se plenamente nas normas.
Porque faço isso? Por respeito ao outro.
Não é correto ocupar o espaço que não lhe pertence, isso em todas as área da vida.
Se queremos concertar o país tem que começar nos consertando.
Na minha concepção se não forem tomadas medidas rápidas a situação vai piorar a cada dia.
Se você viaja de avião e concorda com o que escrevi. 
Mande seu protesto para a ANAC e para as Companhias Aéreas.
Creio que é possível mudar isso.

Nenhum comentário: