segunda-feira, 29 de novembro de 2010

PROGRAMA BENEFICIA MAIS DE 3,3 MILHÕES DE IDOSOS

Brasília - Mais de 3,3 milhões de pessoas, acima de 65 anos ou com deficiência, são beneficiadas atualmente pelo Programa de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) em 5 mil municípios.
Os números foram apresentados hoje (8) pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, ao participar da abertura do Seminário Internacional do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), que vai até a próxima quarta-feira (10), em Brasília.
O valor do BPC é de um salário mínimo. Ele é repassado aos beneficiários pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mesmo que eles não tenham contribuído para a Previdência Social. Para receber o benefício, é necessário que a família ou a pessoa tenha renda bruta inferior a um quarto do salário mínimo.
“Conseguimos alcançar mais de 3,3 milhões de pessoas em mais de 5 mil municípios”, destacou a ministra. “Tudo isso é possível com organização e política em conjunto com as prefeituras, o que nos permite encontrar pessoas que precisam de ajuda e que, por algum motivo, não estavam no nosso cadastro.”
Um dos objetivos do seminário é integrar as políticas implantadas em outros países. Para isso, o Brasil vai trocar experiência e estudar modelos de proteção social não contributiva com a África do Sul, o México e com outros países da América Latina.
“O Brasil já é modelo em vários programas sociais. Hoje temos o Bolsa Família, por exemplo. Com o BPC não é diferente. Já são 14 anos com essa política e poder discutir com organismos internacionais é muito importante para o programa”, disse Márcia Lopes.

Edição: João Carlos Rodrigues
Da Agência Brasil

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS