terça-feira, 12 de julho de 2011

MALES QUE VÊM PARA BEM

Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida. Gênesis 50:20

O filósofo Liehtsê é o autor de uma parábola que ficou famosa: Velho do Forte.
A parábola narra que “um idoso vivia com seu filho em uma fortaleza abandonada, no cume da montanha e que tinha um cavalo que era muito precioso no dia a dia; mas um dia o cavalo desapareceu. Sabedores da notícia os vizinhos subiram o monte para lhe ser solidário pela perda; expressaram sua tristeza pelo infortúnio
O idoso perguntou a eles: Como sabeis que o desaparecimento do cavalo é má sorte?
A parábola narra que dias depois o animal voltou conduzindo um bando de cavalos selvagens.
Mais uma vez os mesmos vizinhos subiram o monte agora para felicitá-lo pela boa sorte.
E, o idoso respondeu: Como sabeis que a volta do cavalo é boa sorte?
Agora com muitos cavalos na propriedade um dia o seu filho ao cavalgar quebrou uma perna.
Novamente os vizinhos voltaram para apresentar-lhe condolências.
É, e o idoso respondeu: Como sabeis que é má sorte?
“No ano seguinte aconteceu uma guerra, e como seu filho inválido pela queda, não foi para frente de combate”.
Essa parábola nos leva a concluir que por fortes que sejam os golpes na vida, por trás deles há sempre algumas vantagens; são os lados da mesma moeda.

Outro exemplo é o de João Manoel, de 75 anos de idade e morador de uma comunidade urbana no Brasil.
Numa noite fria de inverso, foi acordado às 3h da madrugada, com um grande estrondo de desmoronamento. Ao acorda assustado pode um caminhão estacionado na sala.
João não se feriu no acidente. Mais tarde, quando a equipe da Defesa Civil, visitou a casa para reparar os danos pode verificar que a entrada de ventilação da casa estava cheia de fuligem e folhas, o que impedia que os gases nocivos à saúde saíssem de dentro da casa.
João declarou que nos últimos meses não estava bem de saúde, sentia náuseas e dores de cabeça, mas não sabia o por que.
O acidente poderia tê-lo morto, mas salvou-lhe a vida, porque com a restauração da casa  foi descoberto a causa de sua doença.

Lição - Na Palavra de Deus, há vários exemplos de males que foram transformados por Deus em bem, basta lembra-se de José, filho de Jacó. O mal provocado por seus irmãos resultou em bem para muita gente, ao se tornar ele governador do Egito, por obra e graça de Deus.
Do ponto de vista humano o envelhecimento pode parecer um mal, mas todos os idosos sabem que a maturidade é a força que sustenta a vida; no envelhecimento você pode se oferecer como libação ao Senhor, assim como fez o apostolo Paulo.

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS