sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Central divulga estatísticas de violência contra idosos

Brasília/DF - Queixas de violência psicológica, seguidas de histórias de violência financeira, foram as mais frequentes na Central Judicial do Idoso, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) de janeiro a agosto deste ano. A faixa etária dos 66 aos 75 anos é a que mais buscou ajuda. Em sua maioria, as pessoas agredidas que procuraram a Central são viúvas, que sofrem violência principalmente de filhos do sexo masculino. A Região Administrativa com maior número de ocorrências é a de Brasília, com 17, seguida do Guará, 13, e de Planaltina e Ceilândia, com 12 queixas cada.
A queixa é mais recorrente em Brasília, assim como a de violência financeira. Esta consiste na exploração indevida da renda e apropriação do patrimônio do idoso, através de práticas como a de obrigar a pessoa a contrair empréstimo, entre outras. Em todo o DF, foram quase cem casos dessa natureza.
Incapacidade - A violência física, com 57 casos trazidos à Central, concentrou-se no Guará, Ceilândia e Brasília. Ela se manifesta por tapas, empurrões ou qualquer outra forma de uso da força física para obrigar a pessoa idosa a fazer algo que não deseja, para ferir, causar dores. Pode levar à incapacidade ou até mesmo à morte da vítima. Uma forma de violência contra a cidadania da pessoa registrou quase cinquenta casos, a maior parte deles em Brasília, Sobradinho e Ceilândia - a violência institucional praticada pelos órgãos de atendimento ao idoso, por meio de recusa em prestar algum atendimento ou até por prestá-lo, mas com má qualidade.
Funcionamento - A Central funciona no Fórum de Brasília, no 4º andar do Bloco B, entre as alas A e B, e atende pelo telefone Atua no atendimento aos idosos do DF que têm seus direitos ameaçados ou violados e que necessitam de orientação na esfera da Justiça. 

Extraído de: Conselho Nacional de Justiça 


Nenhum comentário:

BRASÍLIA/DF - NORMAS COLETIVAS DE EMPREGADOS DE HOSPITAIS NÃO SE APLICAM A TRABALHADORES EM CASA DE IDOSOS

Publicado por Tribunal Superior do Trabalho A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso do Sindicato do...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS