quarta-feira, 5 de setembro de 2012

QUEM VALE MAIS UM OVO OU UMA PESSOA IDOSA?

BRASIL - Como é difícil defender direitos humanos no Brasil. Parece piada mas a pena para quem abandona uma pessoa idoso é mais BRANDA do para quem expor ovos ou penas de animal silvestre. Segundo o  ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, a dosimetria das penas, será uma das tarefas mais difíceis na definição do Novo Código Penal.
Na proposta elaborada por juristas (PLS 236/2012), há grandes inversões de valores. Por exemplo.
O artigo 389 do código, que prevê pena de seis meses a seis anos de prisão para quem "importar, remeter, adquirir, vender, expor ovos, penas, peles e couros de espécies da fauna silvestre". 
O código prevê prisão de seis meses a três anos para quem "abandonar idoso ou não prover suas necessidades". "Chega a ser hilário" declarou o senador Magno Malta.
Hilário? Vergonhoso ou imoral? 
O homem recebeu do Criador a responsabilidade de gerir e preservar a natureza por isso não pode ser seu predador. Defender a humanidade e natureza é dever de todos.

Fonte: Associação dos Juízes Federais do Brasil 

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS