terça-feira, 9 de julho de 2013

Vereador fingia ser advogado e aplicava golpe em idosos, diz polícia

MUNHOZ DE MELO (PR) - O vereador Lucas Leão Ancias, de Munhoz de Melo, na Região Metropolitana de Maringá (RMM), no norte do Paraná, foi preso na tarde de segunda-feira (8) por suspeita de estelionato, falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão. Segundo a Polícia Civil, ele se passava por advogado para tomar posse de documentos de idosos, os quais ele usava para solicitar empréstimos bancários.
"O vereador dizia aos idosos que daria entrada 'nas papeladas' da aposentadoria e ficava com os documentos deles. Com a posse, ele ia aos bancos e solicitava empréstimo no nome das vítimas. O inquérito concluiu que ele fazia isso sem o consentimento das vítimas" , afirma o delegado Gustavo de Pinho Alves, responsável pelo município de Munhoz de Melo .
O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça de Santa Fé , conforme o delegado. Segundo a polícia, pelo menos dois idosos foram afetados pelo vereador, que tinha apenas o ensino médio completo. Ancias foi encaminhado para a delegacia da cidade vizinha de Santa Fé.
A procuradoria jurídica da Câmara de Munhoz de Mello informou que a Casa não vai se pronunciar sobre a sentença até que ele esteja em trânsito em julgado - quando não se pode mais recorrer. Por ora, a vaga do vereador ficará vazia, ainda de acordo com a procuradoria do município.
... ver notícia completa em: G1 - Globo.com

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS