EVENTOS

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA : LONGEVIDADE



Ouve filho meu, e aceita as minhas palavras, e se te multiplicarão os anos de vida”. Prov. 4,10
Após consulta com seu clínico Carlos saiu consultório arrasado com o resultado do exame, saiu contando os dias. Desesperado foi até a praia, sentou-se na areia, olhou fixamente para as ondas em movimentos e viu sua vida como as ondas movimentando-se sem direção. Em sua mente não desfilavam os banhistas, mas as cenas da vida desregrada que tinha vivido. Um misto de arrependimento e culpa inundou a sua alma. “Ah, se pudesse voltar atrás no tempo, escolheria outro rumo” falava a si mesmo.
Torturava-se ainda mais saber que era conhecedor dos princípios divinos para a longevidade, mas não deu importância.
Pensava, ele que a juventude seria eterna e si permitiu aos loucos desejos do seu coração, até aquele dia em que o médico lhe deu a notícia fatal: “Você está com AIDS”.
Sabemos que a vida é cheia de alegrias e tristezas. Sofrer, adoecer e morrer não são exclusividades de quem rejeitou os conselhos de Deus.
Os justos adoecem e morrem, embora muitas vezes a doença seja consequência da quebra das leis divinas.
Por exemplo: Deus criou o pulmão para receber oxigênio, mas muitas pessoas colocam fumaça, mais cedo ou mais tarde irá pagar o preço; isso também acontece com as bebidas alcoólicas, drogas e outros vícios.
Não há corpo que resista a quebra dos princípios da vida; é como se deixasse o motor do carro sem trocar o óleo. Nada funciona bem quando se desobedece às instruções e é esse o pensamento bíblico: “Aceita as minhas palavras e se te multiplicarão os anos de vida”. A dimensão da vida depende da obediência aos princípios estabelecidos por Deus.
Voltando a si. Carlos, sentado em frente ao mar, chorou, clamou, se humilhou e pediu perdão a Deus pela vida tola que viveu.
Anos tarde, Carlos administrava melhor a sua enfermidade, e vivia completamente diferente.
Quando Deus aconselha não têm como propósito tolher a liberdade de ninguém, mas apenas mostrar a possibilidade de uma vida plena fruto da obediência a Seus princípios.
Ele diz para você hoje: “Ouve, filho Meu, e aceita as Minhas palavras, e se te multiplicarão os anos de vida”.

Nenhum comentário: