quarta-feira, 15 de agosto de 2012

CONSELHO DO SÁBIO: A BÊNÇÃO DA LONGEVIDADE

Texto Base:
Gn. 15:12-18; 25:1-6.


INTRODUÇÃO: O QUE É A BÊNÇÃO DA LONGEVIDADE:
O termo “longevidade” deriva de “longo”, e refere-se ao tempo de vida dos seres vivos.
O termo “bênção” refere-se a algo que independe das condições ser humano, pois é algo que vem de Deus.
Então, a bênção da longevidade é a condição espiritual dada por Deus aos Seus filhos para que os mesmos tenham vida longa em anos com qualidade. O Senhor tem para nós hoje, não só a longevidade, mas abênção da longevidade.

CONSEQÜÊNCIAS DA BÊNÇÃO DA LONGEVIDADE 
1ª – FERTILIDADE – Recebemos de Deus condições para sermos cada vez mais produtivos, maduros. O salmista revela que na velhice produziremos frutos aqui neste texto os frutos não são filhos, mas ações por essa razão a fertilidade nunca termina para os filhos de Deus porque os nossos frutos são para a eternidade.
2ª – VIGOROSIDADE – É receber de Deus as condição plena para usar o tempo e as oportunidades de vida que o Senhor te conferir.
Que proveito teria tido Abraão se a sua longevidade fosse caquética e sem sentido?
A promessa que Deus deu a Abrão é a mesma que ele continua a dar aos seus filhos ainda hoje; são conquistas em todas as áreas da vida.
3ª – ESPERANÇA – Na longevidade renovamos as nossas expectativas de vida independente daquilo que já tenha vivido; não podemos deixar de sonhar, pois quem para de sonhar fica velho e morre.
Em Abraão e Sara até o nascimento de Isaque, muitas coisas haviam se passado desde a promessa a 25 anos; muitas coisas aconteceram, muitas coisas mudaram, mas a fé, foi o elo de ligação entre o sonho e a realidade da promessa de Deus em sua vidas.
CONTEXTUALIZAÇÃO – Recebermos de Deus constantemente, através do Espirito Santo, a renovação da nossa mente a fim de nos libertamos do tempo passado e continuarmos vivendo. Gn. 24,1-4 - “Era Abraão já idoso, bem avançado em anos; e o SENHOR em tudo o havia abençoado...”
Abraão era avançado em idade, seu filho Isaque já era um homem, e ele, Abraão estava ativo, arbitrando e cheio de vigor e autoridade. Por quê? Porque sua mente estava renovada pelo Senhor que lhe falava constantemente e lhe apresentava novos desafios e objetivos de vida.
Deus tem um novo querer e novas conquistas para a nossa vida hoje, amanhã, e depois, pois Ele é eterno, por isso te chama para receber a renovação de teu ser de forma plena.
O apostolo Paulo nos exorta em Romanos a não nos conformarmos “com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”
Ao receber a benção da longevidade, recebemos a promessa por isso devemos caminhar com o Senhor, para que sejamos cada vez habilitados à bênçãos maiores.
Deus não tira as bênçãos dos seus filhos, pelo contrário, Ele sempre dá, pois é “galardoador dos que o buscam” mesmo nas tribulações são abençoados.

Nenhum comentário:

SÃO MATEUS DO SUL - MPPR RECOMENDA QUE MUNICÍPIO REALIZE REPARO EM RAMPAS DE ACESSIBILIDADE

Publicado por Ministério Público do Estado do Paraná A 1ª Promotoria de Justiça de São Mateus do Sul, na região Sudeste do estado, e...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS