terça-feira, 5 de agosto de 2014

05.10.2013 - IDOSO: MAIS VIOLÊNCIA DENUNCIADA

mppe_2 
RECIFE(PE) - Na semana em que se comemora o Dia do Idoso, o Disque-Denúncia divulgou o aumento do número de denúncias de violência contra os maiores de 60 anos. De janeiro a setembro deste ano foram registradas 1.054 ligações anônimas apontando esse tipo de violência. O número representa um crescimento de 25% em relação ao mesmo período de 2012, quando foram recebidas 840 denúncias.
Segundo a superintendente do Disque-Denúncia Pernambuco, Carmela Galindo, na maioria das vezes a violência parte de pessoas próximas à vítima. "É um crime silencioso. Mais de 80% dos casos ocorrem dentro das residências, 47% dos agressores são filhos dos idosos e 9%, pessoas com parentesco muito próximo", informou. Ainda de acordo com ela, os números da violência podem ainda ser maiores. "Exatamente pelo fato de os principais agressores serem os familiares, nem sempre o crime é denunciado. Os que sofrem com esse tipo de situação muitas vezes se sentem inibidos. Existe uma dependência afetiva que acaba protegendo quem comete o crime", afirmou.
A promotora criminal junto ao Juizado do Idoso, Yélena Monteiro, concorda com Carmela Galindo e alerta: "De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 70% das agressões nem chegam a ser registradas". Ainda segundo ela, os números do Disque-Denúncia não representam um aumento da violência, mas a maior conscientização da sociedade e dos próprios idosos. "A população de modo geral tem denunciado mais os crimes, e até mesmo os próprios idosos estão mais conscientes de seus direitos - apesar de ainda serem raros casos de denúncias feitas por eles mesmos", comentou.
A falta de políticas públicas direcionadas aos idosos é apontada por Yélena Monteiro como um dos principais motivos para os registros de violência. "O Governo Federal tem o projeto Centro-Dia do Idoso, que institui a criação de casas onde eles passariam o dia e depois retornariam para suas residências. No entanto, existem poucas unidades no País e nenhuma em Pernambuco", informou. A promotora também chamou atenção para a questão dos cuidadores, muitas vezes apontados como responsáveis por agressões. "Em vários casos, há o crime, mas não o dolo (intenção), porque o cuidador não tem a formação devida. Aqui, por exemplo, só temos duas escolas públicas de formação de cuidadores", comentou.
Segundo o último Censo realizado pelo IBGE, as pessoas com mais de 60 anos já representam 10,8% dos brasileiros, número que tende a crescer ao longo da próxima década. Denúncias de casos de violência contra os idosos podem ser feitas pelo Disque-Denúncia, no 3421-9595. O anonimato é garantido.

Nenhum comentário:

REFLEXÃO - O PRAZER DE OBEDECER

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios. [...] Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia...

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS